Red Bull Te dá Asas

13 04 2007

A RED BULL foi criado para estimular o cérebro de pessoas submetidas a um grande esforço físico e em “coma de stress”. NUNCA PARA SER CONSUMIDA COMO UMA BEBIDA INOCENTE OU REFRESCANTE,

A RED BULL é uma BEBIDA ENERGIZANTE, comercializada a nível mundial com o slogan:”Aumenta a resistência física, agiliza a capacidade de concentração e a velocidade de reação, dá mais energIa e melhora o estado de ânimo” . Tudo isso pode ser encontado numa latinha de RED BULL, “a bebida energética do milênio!”

A RED BULL conseguiu chegar a quase 130 países de todo o mundo com um faturamento anual acima de 21 bilhões de euros na venda de 3 bilhões de latas. Os jovens e o desporto foram os símbolos eleitos pela marca para caracterizar a sua imagem, dois segmentos atrativos que foram cativados pelo estímulo causado pela bebida.

Foi criada por Dietrich Mateschitz, um empresário de origem austríaca, que a descobriu por acaso, durante uma viagem de negócios a Hong Kong , quando trabalhava para uma empresa fabricante de escovas de dentes.


Uma lata de 250 ml, contém 20 gramas de açúcar, 1000 mg de taurina, 600 mg de glucuronolactona, 80 mg de cafeína e vitaminas do complexo B.

MAS A VERDADE DESTA BEBIDA É OUTRA

A FRANÇA E A DINAMARCA acabam de proibi-la por ser um cocktail da morte , devido aos seus componentes de vitaminas misturadas com “GLUCURONOLACTONE”, química altamente perigosa, que foi desenvolvida pelo Depto de Defesa dos USA, durante os anos 60 para estimular o moral das tropas americanas no VIETNAM. Seus efeitos eram como se fossem o de uma droga alucinógenea, que acalmava o stress da guerra. Entretanto seus efeitos no organismo dos soldados foram devastadores – alto índice de casos de enxaquecas, tumores cerebrais e doenças do fígado.

Apesar de tudo, na lata de RED BULL ainda se lê entre os seus componentes: GLUCURONOLACTONE, catalogado medicamente como um estimulante.

Mas o que a lata de RED BULL não diz são as conseqüências do seu consumo, que obriga a colocar uma série de ADVERTÊNCIAS:

É perigoso tomá-lo se, em seguida, não se fizer exercíco físico, já que a sua função energizante acelera o ritmo cardíaco e pode provocar um enfarte fulminante.
O risco de se sofrer uma hemorragia cerebral , porque o RED BULL contém componentes que diluem o sangue para que seja mais fácil ao coração bombear

o sangue e assim se poder fazer esforço físico com menos esgotamento.

É proibido misturar RED BULL com álcool, porque a mistura transforma a bebida numa “Bomba Mortal” que ataca diretamente o fígado, levando a zona afetada a incapacidade de jamais se regenerar.

Um dos componentes principais do RED BULL é a vitamina B12, utilizada em medicina para recuperar pacientes que se encontram em coma etílico; daí o estado de excitação em que se fica após tomá-lo. É como se estívessemos estado de embriaguez.

O consumo regular de Red Bull provoca uma série de doenças nervosas e neuronais irreversíveis.

CONCLUSÃO

A RED BULL deveria ser proibida em todo o mundo , como já está sendo em alguns países pois se desavisadamente ou intencionalmente misturada ao álcool torna-se uma bomba relógio para o corpo humano, principalmente entre adolescentes e adultos que desconheçam os efeitos letais da bebida.

*            *            *

Minha Conclusão:

A partir de hoje tomar uísque só com guaraná e gatorade para curar ressaca!!!

Anúncios

Ações

Information

10 responses

15 04 2007
koveiro

diz isso pros playboys da night q tomam isso com vodka whisky e qualquer coisa q contenha alcool
+ q se foda num é a minha vida msm hehehehe

8 10 2007
Anônimo

quem fez essa imagem da Red Bull ?
vc pode me dizer quem foi o arte finalista ?

3 03 2008
Leonardo

Há algumas semanas estou sem beber porém a farra continua a mesma, bom, isso não vem ao caso. A questão é que, por algumas vezes tomei apenas agua e RedBull com gelo e o resultado foi surpreendende: uma ressaca equivalente a 5 doses de whisk!!! Dizer que isto é coisa apenas do RedBull não seria justo, acredito que todos energéticos tem propriedades semelhantes.
Gostei do artigo aqui publicado e desafio vocês a fazerem o teste, energético é uma bomba! Como ex-consumidor de destilados aconselho, se não gostar de whisk/vodka com gelo apenas, que tome com guaraná.

19 06 2009
thiago

o meu cu ta ardeno chupa meu toba????????????????????????????????????????????????? ?????????????????????????????????????????????????????

15 08 2011
alicia dlç

CHUPOOOO

6 03 2010
Bel

Exatamente isso. tomei 3 reb bulls, e no outro dia tava mais ressacada que tudo na vida. até vomitei quando acordei. esse negócio não existe não… nem alcool tem e deixa a pessoa mal desse jeito!!

5 08 2011
Helton Sena

Aos adoradores de Red Bull

24 10 2011
Dra Rita de Cassia

De fato, quando tomamos consciencia dos males que tais bebidas provocam em nosso organismo, temos a obrigação de alertar os jovens e consumidores do produto sobre o risco que correm. Porém a decisão pela vida só depende dele. Se ele é uma pessoa inteligente, como a maioria é, vai parar de beber esse energético e tantos outros de outras marcas que existem no mercado. Mas se ele é um ser medíocre e sem vontade de viver, vai desferir esses palavrões chulos, dizer que a vida é dele e etc! Uma pena…mas é a lei da natureza, ficam os inteligentes, vão-se os idiotas.

26 06 2012
Alexandro pereira prado

Nunca tomei tinha curiosidade de experimentar mais depois dessas informaçoes desisto

3 08 2013
Silas

Só quero ver as fontes disso. Achei apenas 1 artigo publicado e a metodologia dele foi tão ridícula que alguns dos médicos que passaram os dados se pronunciaram em público pra não terem seus nomes associados com esse tipo de desonestidade intelectual.

Pra quem passou mal tomando red bull, fica a dica: a bebida foi feita pra você tomar uma lata e ter até 70% das suas necessidades diárias de algumas vitaminas. Se você tomar duas latinhas, você vai passar mal, porque consumiu 140. Agora, não é culpa do fabricante que você não saiba o que está bebendo e como beber.

Se você tem controle das suas energéticas diárias e consome a bebida dentro desses limites, não há efeitos colaterais. Se você faz isso sempre, seu corpo vai simplesmente ganhar tolerância, mas nem adianta tomar mais, porque você vai passar mal e não vai obter o estímulo desejado. Em energéticos, não da pra ter o raciocínio do tipo: “quanto mais melhor”. Se você tomar mais de uma lata, provavelmente vai passar mal. Se você conseguir tomar umas dez latinhas sem vomitar, pode até ter um enfarte mesmo.

Seja como for, convoco você e qualquer leitor a apresentar evidências científicas de que o consumo Red Bull ou qualquer energético (consumo não é abuso, ok?) causa os malefícios que você citou:

1) Enxaqueca
2) Tumores cerebrais
3) Doenças do fígado
4) Enfarte na ausência de exercício físico

Aliás, as suas fontes precisam ser brasileiras, porque a ANVISA tem diversas restrições aplicadas a essas bebidas, situação diferente dos Estados Unidos, onde pessoas chegam a ter intoxicação por cafeína devido às altas concentrações.

Só pra relembrar, se forem consumidas outras drogas junto com a bebida energética, qualquer efeito colateral pode ser resultado da outra substância ou da mistura, como no caso do consumo de vodka com energético (que é uma ideia idiota).

Uíske fode muito mais o seu corpo que energético, amigo. Sugiro que você pare com o uíske e volte com o Red bull. Você poderia tomar um logo depois de ler esse comentário, daí teria concentração pra pesquisar sobre o assunto e descobrir que não é com jornalistas que você deve se informar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: