Gata Alienígena

3 04 2007

O contato recente entre um australiano e supostos seres extraterrestres com aparência humana permitiu a realização do que parece ser o primeiro teste de DNA com material biológico exógeno.

Peter Khoury, a vítima do suposto caso de abdução, alega ter passado por uma “experiência profundamente perturbadora” que, segundo ele, mudou sua vida. Khoury teria sido forçado a manter relações sexuais com uma “mulher agressiva, loura e sem pêlos pelo corpo”.

Khoury diz que deixou sua esposa no trabalho e, ao voltar para casa, foi surpreendido por duas mulheres inteiramente nuas. “Elas pareciam humanas em todos os aspectos. Uma delas tinha aparência asiática com olhos escuros, cabelo preto e liso caído na altura dos ombros. A outra parecia escandinava, com olhos claros e cabelo loiro e comprido, que ia até o meio das costas“. Khoury desconfiou que as mulheres não seriam humanas porque suas formas eram “esculpidas demais”.

“A loira parecia ser quem dava as ordens. E elas se comunicavam telepaticamente. Havia algo duro, quase ausente, na expressão delas“, disse.

Segundo Khoury, a loira o pegou pela nuca, puxando-o contra os seios dela. Ele ainda tentou resistir, mas a suposta extraterrestre insistiu, exigindo uma reação do australiano. “Ela era muito forte. Me puxou com determinação e a minha boca foi parar em cima do mamilo dela. Então eu mordi“.

Khoury disse que apesar de ter arrancado um pedaço do mamilo da loura, ela não gritou. Neste momento a extraterrestre loira se voltou para a outra, com aparência asiática, e esta por sua vez se voltou diretamente para ele exibindo a mesma expressão de choque contemplativo ou confusão que a loira estava.

Involuntariamente, reagindo à expressão das duas, ele engoliu o pequeno fragmento do mamilo que ainda estava em sua boca e este ficou preso em sua garganta. Começando a tossir fortemente. Foi quando, de repente, as duas mulheres simplesmente desapareceram.

Depois disso, Khoury sentiu uma vontade enorme de ir ao banheiro e descobriu dois finos fios de cabelo loiro em volta de seu pênis, que estava dolorido. Quando conseguiu retirar os fios, colocou-os imediatamente num saco plástico selável. “Fiz isso porque tive certeza que algo muito bizarro tinha acontecido comigo”, justificou.

Os fios de cabelo, guardados desde o dia do encontro, tornaram-se objeto do primeiro teste aberto de DNA feito a partir de uma evidência de abdução.

>>> link para a noticia <<<

 

                                   *                                 *                                 *

Isso me faz lembra de uma questão levantada pelo amigo do “Peste”, daquele filme que todo trimestre passa na seção da tarde The Peste”;

 

“Você faria ou não faria sexo com uma gata alienígena?”

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: